fbpx
SINDICAL

Dar com uma mão e tirar com a outra, Saramago ou Doria?

E a audácia de João Doria segue invadindo o estado de São Paulo. Gestor público adepto dos provérbios populares, o líder tucano também parece admirar escritores renomados, como José Saramago.

Uma nova decisão do governador, dessa vez no interior paulista, mostra que ele tem seguido o lema do ganhador do nobel de Literatura. “É assim a vida, vai dando com uma mão até o dia em que tira tudo com a outra.”

Conforme divulgado na imprensa, Doria suspendeu as obras da Central de Flagrantes de Rio Preto. A mudança de planos aconteceu dez dias depois de o local ser transferido para endereço provisório, permitindo a demolição do antigo prédio e a construção de uma nova sede. A liberação de R$520 mil para o serviço havia sido feita em setembro. No entanto, a quantia já foi confiscada pelo governo, sem previsão de ser reavida.

Enquanto isso, a estrutura, onde também funcionava o Ciretran, segue com risco de desabamento. É o sucateamento da Polícia Civil sendo cada vez mais escancarado.

“Até quando vamos brincar desse jogo de dá e tira, senhor governador? Passamos da fase do nada faz para a etapa das promessas sendo cumpridas e em seguida descumpridas. Parece piada, mas na verdade apenas mostra a falta de interesse de Doria em realmente promover mudanças na segurança pública”, afirmou o presidente do Sinpolsan, Marcio Pino.

Caso o dinheiro destinado a obra seja devolvido, será construída uma Central de Polícia Judiciária, para reunir toda a estrutura administrativa da Delegacia Seccional, a Central de Flagrantes, além de todos os distritos policiais, e a Delegacia de Defesa da Mulher.

clube-vantagens-preto

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo