Visita do Deputado Estadual do Partido Progressista, Kenny Mendes sede do Sinpolsan. Destaque

Em visita a sede do Sinpolsan no final da tarde desta sexta-feira, dia 15, o Deputado Estadual do Partido Progressista, Kenny Mendes, se comprometeu a ser o porta voz da categoria na Assembleia Legislativa.

"Tudo o que o presidente (Marcio Pino) achar que é bom para a Polícia Civil pode me apresentar na íntegra. Vou ser o canal para apresentar isso na Alesp. Jamais vou votar em algo contra a instituição", afirmou o parlamentar, conhecido como professor Kenny, logo no início da conversa.

Defensor da segurança pública como prioridade, Kenny está ciente da necessidade de melhorias nas condições de trabalho dos agentes. "Nesses últimos 14 anos, a Polícia Civil foi deixada de lado. O governo muda a farda, coloca helicóptero e acha que a população não está vendo. A realidade é de delegacias sem delegado, homem trabalhando na delegacia da mulher, isso sem contar a remuneração, não há reposição e, muito menos, ganho real", destacou.

Para o presidente do Sinpolsan, Marcio Pino, a reestruturação da categoria é fundamental e urgente. A proposta envolve a remodelação na distribuição das carreiras. "O agente policial faz trabalho de investigador, mas ganha menos. Agente de telecomunicações está na rua e tem delegado ganhando R$12 mil para trabalhar no almoxarifado. Precisamos de uma portaria nos moldes da Federal. Tem que mostrar para o governador que vai dar resultado".
Participaram da reunião Celso Pereira e Valdeci Reginatto, do Sincopol Marília, Maria Aparecida de Queiroz Almeida, do Sinpol Sorocaba, Aparecido Lima de Carvalho, presidente da Federação e do Sinpol Campinas, Eumauri Lucio da Matta e Júlio César, do Sinpol Ribeirão Preto e Fábio César, assessor do deputado. @ Sinpolsan